9 Dicas [e 02 Bônus] para quem pretende viajar para fazer concurso

0 Flares Filament.io Made with Flare More Info'> 0 Flares ×

Olá, Concurseiro!

Vamos viajar?!

Calma! Ainda não é aquela viagem de férias, descanso ou algo parecido. Edital lançado. Prova em outro Estado. Você vem se preparando para isso. Vamos viajar é para prestar concurso público. Quando se entra no mundo dos concursos, arrumar as bagagens vira quase que rotina. O concurseiro torna-se quase o protagonista do verso de Luiz Gonzaga em que diz que “minha vida é andar por esse país”.

Muitas vezes, as oportunidades que aparecem para conquistar o tão almejado cargo público não estão dentro dos seus limites geográficos, principalmente para quem estuda para Magistratura, Tribunais e área fiscal. Entrar nesse universo é saber que uma hora ou outra tem que estar disposto(a) a encarar algumas horas de voos ou estradas.

Mas é só estar disposto a isso mesmo?! Muitas dúvidas surgem no decorrer desse caminho e se faz necessário que elas existam. “Como está minha situação atual?”. “Com o salário vale a pena eu morar em outra cidade?”. “Quanto custará essa viagem?”. “Estou realmente preparado para a prova?”. Por isso, antes de encarar os editais que aparecem e viajar para fazer concurso, muitas ponderações devem ser feitas.

Ter consciência do seu nível de preparação é a primeira delas. Qualquer viagem tem custos, e para fazer prova tem, além do financeiro, o emocional. Os sacrifícios têm que estar em consonância com uma preparação que dê para isso. Essa avaliação crítica deve ser feita, é estar ciente de que realmente estudou para encarar tudo isso. É preciso também saber se a viagem é para fazer o concurso que é o seu foco, caso não, se é algo que esteja na linha dele ou que seja um concurso que, mesmo morando em outro estado, lhe trará vantagens para alcançar o que realmente pretende. Fora isso, é preciso avaliar a questão de realmente estar disposto a morar longe da família. Caso tenham filhos, marido ou esposa, se é uma decisão acertada entre todos.

Feitas todas essas ponderações e certificando-se de que não há maiores empecilhos em prestar concursos fora de seu Estado, chegou a hora de se planejar. O planejamento é fundamental para tudo nessa caminhada, e nesse momento não seria diferente. Planejar-se para uma viagem de concurso é também um item importante para sua aprovação. Por isso trouxemos algumas dicas que vão ajudar vocês a colocar o pé na estrada rumo ao seu objetivo.

Ah, fique de olho nas Dicas #02 e #04, deixamos dois Bônus para você por lá.

 

#01 – DECISÃO – O edital do TRE-SP, por exemplo, foi lançado. Para quem tem foco nesse concurso e já vem se preparando para ele, certamente a decisão de fazer a prova já está tomada. E, claro, junto com ela, toda a ciência de que terá que viajar, caso more em outros locais. Mas outro edital também foi lançado: TRE-PE. Mesma área, porém estados diferentes e bancas diferentes. No entanto, você não tem condições econômicas para fazer os dois, mas ainda não se decidiu qual dos dois fazer. Pois é importante que tome uma decisão o mais rápido possível, para que, além de não começar a estudar tardiamente, ter a possibilidade de encontrar passagens mais em conta, bem como hospedagens.

#02 -TRANSPORTE – Avião, transporte próprio ou ônibus. Qualquer um desses, a escolha deve ser feita com antecedência. De já, viajar para fazer prova em automóvel próprio é válido quando se trata de viagens de curta duração, com 1 ou 2 horas de viagens. De qualquer forma, é preciso avaliar bem quesitos como cansaço, se alguém conduzirá o veículo que não seja você, dia que vai sair e itens de segurança.

Caso opte por viajar de avião, diariamente olhe o preço das passagens em sites especializados, de preferência compre aos fins de semana, onde muitas vezes preços e tarifas estão bem mais em conta, e também adquira com horário flexível. Geralmente as companhias aéreas lançam promoções, no entanto, não espere muito tempo por isso, pois à medida que se aproxima da data da viagem, o valor das passagens tende a aumentar, correndo o risco de até mesmo não ter mais reservas. Portanto, quanto mais distante do dia da viagem efetuar a compra, mais barato será o valor.

Lembra que falei que daria dois Bônus?

Este é o primeiro: CLIQUE AQUI e ganhe R$ 20,00 de crédito em sua próxima viagem, é um site especialista em milhas, mas você não precisa ter milhas para viajar, é bem prático e muitas vezes encontro passagens bem mais baratas que na própria companhia, e ainda oferece este desconto em sua primeira viagem. Muito legal.

Continuando.

Se for viajar de ônibus, compre a passagem assim que sair o edital, pois os preços nesse tipo de transporte são fixos, não havendo necessidade em pesquisar bastante por passagens mais baratas. Aqui, o risco que se corre de não comprar com antecedência é não possuir mais lugares disponíveis para o período.

Uma outra opção são as famosas excursões para concursos. Sabemos bem o quanto ser concurseiro requer muitas economias. Por isso, essa é uma opção extremamente vantajosa, pois o pacote de viagem dá direito também à hospedagem e traslado para o local da prova. Aqui você viajará em ônibus confortáveis, fazendo as paradas obrigatórias (café, almoço ou janta) e viajando com um grupo de pessoas conhecidas ou não, mas em busca do mesmo objetivo que o seu. Fora as amizades construídas, as trocas de ideias, de experiências, estudos, tudo o que pode diminuir sua tensão até lá.

No entanto, é preciso cuidado redobrado. Antes de comprar o pacote de excursão, informe-se com professores ou demais colegas de estudo sobre as referências que se têm dela. Veja também qual o tipo de hospedagem está inclusa e ligue para lá para saber se realmente é o hotel que consta na propaganda ou se é alguma pensão em locais duvidosos. Diversos problemas nesse sentido já aconteceram, em que concurseiros chegaram ao destino sem saber nem onde ficariam hospedados ou tendo que dividir um quarto pequeno com seis ou mais pessoas.

Durante a viagem, fiquem atentos às suas bagagens e às pessoas estranhas durante as paradas obrigatórias. Além disso, é preciso estar ciente de algumas outras desvantagens, tais como a possibilidade do ônibus passar por falhas mecânicas no percurso, bem como, já na cidade do concurso, o risco de chegar atrasado por conta de dificuldades, como falta de organização. Portanto, a melhor saída é a informação. Pague por aquilo que você já conhece ou de alguém de sua confiança que possa lhe indicar. Também em vários grupos de concursos há indicações de excursões. Informe-se e siga em frente!

#03 – DIA DA VIAGEM – Imprevistos acontecem. Fora isso, é preciso estar bem descansado no dia da prova. Portanto, reserve suas passagens pelo menos com dois dias antes da prova. Se o concurso for no domingo, viaje na sexta-feira, de preferência. Deixe o sábado para descansar ou revisar, para quem prefere. E muito cuidado com viagens no período de horário de verão. Mesmo que não esteja englobada na alteração de horário, se for de avião, saiba que o horário de embarque corresponde a da cidade em que está.

#04 – HOSPEDAGEM – Reserve imediatamente, ainda mais se o concurso for daqueles bem visados, em que muita gente fará, para não correr o risco de não encontrar mais acomodações. Se não conhece a cidade, vá em grupos de concursos nas redes sociais, converse com concurseiros da cidade pedindo indicação de hotéis e informações sobre localização para que não corra o risco de se hospedar em regiões perigosas da cidade. Como a divulgação do local de prova só sai, geralmente, faltando apenas duas semanas, não dá para esperar ter conhecimento disso para reservar sua hospedagem. Portanto, dê preferência por hotéis que estejam mais na área central ou em bairros com fácil acesso a transportes, restaurantes e demais necessidades.

Além disso, não se engane achando que em grandes redes hoteleiras as diárias serão mais caras. Quando se reserva com antecedência e também dependendo do período do concurso, alta estação ou não, as diárias também são em conta e você terá a certeza de que estará bem acomodado. Diversas vezes o barato sai caro. Uma dica também é que em sites especializados existem links com indicações direcionadas para concurseiros que farão provas em cidades como o Rio de Janeiro, por exemplo.

Se você vai viajar com grupo de amigos, ou sozinho mesmo, já é possível reservar apartamentos mobiliados, ou apenas um quarto, por curtos períodos. É justamente o que oferece o site da Airbnb, vale a pena procurar.


Nosso segundo Bônus: Receba R$ 85,00 em sua primeira viagem pela Airbnb, é só clicar nesse link: CLIQUE AQUI para receber o desconto.

E caso você tenha um quarto sobrando aí na sua casa, ou esteja viajando e quer alugar seu Ap enquanto isso, ainda pode ganhar uma grana por meio desse site. CLIQUE AQUI e saiba como.


#05 – LOCAL DA PROVA – Reserve um tempo para visitar o local de prova. Isso é estritamente necessário em uma cidade em que você não conhece. Para economizar, cronometre quanto tempo demorará para chegar por meio de transporte público, sempre lembrando que no dia da prova possivelmente haverá congestionamento. Então marque o tempo colocando nele qualquer imprevisto de locomoção. Mesmo que vá de táxi, faça o mesmo. E, se possível, já agende com o taxista a sua ida para a prova ou tenha em mãos pelos menos dois telefones disponíveis de serviços de táxi.

#06 – PROVA O DIA TODO – A prova de nível médio é pela manhã. A prova de nível superior é na parte da tarde. Optar pelas duas tem sido muito comum. E realmente vale a pena para quem treinou bem. Por isso, se vai passar o dia fazendo prova, o tempo que tiver de uma para outra preocupe-se apenas em se alimentar. Evite conversar sobre a prova do turno da manhã, conferir respostas ou algo nesse sentido. Isso pode lhe deixar desestabilizado emocionalmente para a próxima maratona. Claro, se tiver tempo e possibilidade de rever algo que poderá também ser cobrado na prova de logo mais, que reveja. Mas não priorize isso. Dê preferência em alimentar-se.

#07 – ALIMENTAÇÃO, DESCANSO, TURISMO – Evite comer alimentos típicos da região e que você não conhece para não correr o risco de ter algum problema de saúde. No dia anterior à prova, estudar mais um pouco ou conhecer a cidade vai depender de cada um. Muitos concurseiros preferem conhecer os pontos turísticos da cidade, ir à praia, se tiver, relaxar, mas é bom que isso não ultrapasse dos limites. O relaxar aqui não é ingerir bebida alcóolica, não é um pagode no fim de tarde, mas que termina cedo, não é nada disso. Esse tipo de diversão deixe para depois da prova. Lembre-se sempre do seu objetivo em estar ali. Se optar por conhecer a cidade, volte cedo para descansar bem para o grande dia.

#08 – INFORMAÇÕES – Pergunte para os funcionários do hotel ou mesmo para moradores locais tudo acerca da cidade e da região em que estão hospedados. Serviços de transporte, qual o melhor percurso até a prova, indicações de restaurantes, tanto para sua alimentação diária, quanto para a alimentação entre as provas do turno da manhã e tarde e que seja de fácil acesso para isso.

#09 – CROWDFUNDING – A dica aqui não seria necessariamente com a viagem em si. Dificuldades financeiras são uma realidade de grande parte dos brasileiros. E com concurseiros, então, não é nada diferente. Muitos quando adentram nesse mundo é na busca, não só de realização profissional, mas para melhorar mesmo de vida. Muitos apenas estudam e não têm renda própria, outros trabalham, mas o salário não daria para bancar diversas viagens para fazer prova. Pensando nisso tudo, temos uma dica que pode ajuda a “financiar” o seu futuro.

Existem os sites de crowndfunding, as chamadas varquinhas virtuais. E, sim, já existem concurseiros utilizando esse tipo de mecanismo para ir atrás do seu objetivo. Bancar uma viagem não é algo tão barato. Sendo assim, se você realmente passa por alguma dificuldade financeira, preparou-se bem para a prova, é um estudante focado, mas, mesmo fazendo diversos sacrifícios, está sem condições e sem ter a quem pedir ajuda, não deixe de fazer a concurso por conta disso. Faça, se achar que é a solução, o uso da vaquinha virtual e viaje atrás dos seus sonhos do cargo público.

E então, prontos para embarcar com destino à aprovação?! Tente aplicar todas essas dicas na sua próxima viagem para concurso e depois compartilhe conosco se foram válidas, bem como suas experiências e aprendizados nessa jornada.

Abraços!!!

Fonte: www.proluno.com.br

 

 

Comments

comments